domingo, 28 de junho de 2015

Chamar alguém de gordo é crime !





Hoje , não me ofendo de ser chamada de gorda . Sou gata a beça ������������

Mas isso já me doeu muito , quando eu via a maldade de alguns parentes e amigos quando eu comecei a engordar . Não por me rejeitar , nunca me achei feia ,ainda quando engordei bastante . 
Mas de enxergar a maldade disfarçada na brincadeira . O que doeu foi de ver a capacidade da maldade no olhar do outro pra mim ,qdo não lhe fiz nenhum mal .

Quando uma pessoa chega até uma menina ou uma mulher e diz " Nossa ,vc está gorda " ou " vc está grávida ?" Mas com sorrisinho de escárnio . Vc acha mesmo que essa pessoa quer te ver bem ? Vc acha que ela quer levantar seu astral ? 
Não , jamais .

Eu tenho espelho e Amo o que vejo mesmo . Estou de dieta pela saúde ,Pq está pesado dessa vez . Mas dizer q me acho feia ? Não faço apologia à obesidade porque ela traz problemas e sou prova viva disso . Quando estou mais magra , minha saúde melhora e muito . 

Quem perde são as pessoas maledicentes que como diz o rapaz do vídeo , o lixo das palavras e dos maus pensamentos fica pra quem pensa ,quem fala .

Jamais colocaria uma pessoa na justiça por me chamar de gorda , o pensamento dela já é miserável demais e punição o suficiente pra vida toda .

Pensamentos de Mimi ��

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Reeducando minha pança







Posto o prato na hora do descanso .
Galera , nada de interromper a hora do almoço pra postar . O click é rápido , mas o Post nem sempre .
Cansei da sopa que está rolando a semana toda rs , ainda que tenha misturado com  outros ingredientes, cansei ! 

Não costumo comer tomate com sementes , me falaram que faz mal e eu sou do tipo que acredito em quase tudo . Mas sementes de três inocentes rodelas de tomate não vão me matar , vão ? ��

Já ouvi dizer que tomate com vinagre não fã tão bem assim .but ....

Voltei a comer no prato pequeno como a Akassia me ensinou ,  a dica é de ouro e nunca abuso com isso.

O meu novo hit é o suco de uva integral , mas por favor , sem economizar colocando água , vai perder todo o sentido . O suco é saudável concentrado , com gostinho de vinho ��

segunda-feira, 8 de junho de 2015

Ser Espírita

Na parte da minha apresentação aqui no blog ,eu digo que amo falar sobre religião e aqui que considero meu cantinho eu pouco falo no assunto .
Decidi que vou abordar mais esse tema aqui . Gostaria que entendessem que engatinho na Doutrina e a qualquer erro meu  ou algo que você discorde ,  podemos trocar ideias ( discutir religião não vale aqui ,tá?) 
E hoje o texto é sobre ser espírita , e escolhi por ser bem fiél ao que eu penso sobre acolher a doutrina  no coração .




 O QUE É SER ESPÍRITA?

Ser espírita não é ser nenhum religioso; é ser cristão.
Não é ostentar uma crença; é vivenciar a fé sincera.
Não é ter uma religião especial; é deter uma grave responsabilidade.
Não é superar o próximo; é superar a si mesmo.
Não é construir templos de pedra; é transformar o coração em templo eterno.
Ser espírita não é apenas aceitar a reencarnação; é compreendê-la como manifestação da Justiça Divina e caminho natural para a perfeição.
Não é só comunicar-se com os Espíritos, porque todos indistintamente se comunicam, mesmo sem o saber; é comunicar-se com os bons Espíritos para se melhorar e ajudar os outros a se melhorarem também.
Ser espírita não é apenas consumir as obras espíritas para obter conhecimento e cultura; é transformar os livros, suas mensagens, em lições vivas para a própria mudança.
Ser sem vivenciar é o mesmo que dizer sem fazer.
Ser espírita não é internar-se no Centro Espírita, fugindo do mundo para não ser tentado; é conviver com todas as situações lá fora, sem alterar-se como espírita, como cristão.
O espírita consciente é espírita no templo, em casa, na rua, no trânsito, na fila, ao telefone, sozinho ou no meio da multidão, na alegria e na dor, na saúde e na doença.
Ser espírita não é ser diferente; é ser exatamente igual a todos, porque todos são iguais perante Deus.
Não é mostrar-se que é bom; é provar a si próprio que se esforça para ser bom, porque ser bom deve ser um estado normal do homem consciente.
Anormal é não ser bom.
Ser espírita não é curar ninguém; é contribuir para que alguém trabalhe a sua própria cura.
Não é tornar o doente um dependente dos supostos poderes dos outros; é ensinar-lhe a confiar nos poderes de Deus e nos seus próprios poderes que estão na sua vontade sincera e perseverante.
Ser espírita não é consolar-se em receber; é confortar-se em dar, porque pelas leis naturais da vida, "é mais bem aventurado dar do que receber".
Não é esperar que Deus desça até onde nós estamos; é subir ao encontro de Deus, elevando-se moralmente e esforçando-se para melhorar sempre.

Isto é ser espírita.
Com as bênçãos de Jesus, nosso Mestre.