Poesia

  Com o tempo veio a Internet,as novas linguagens,a musica seguiu novos rumos ,nem sempre bons e esqueceram da Poesia.
  Tão bom lavar a alma lendo uma boa poesia,deveríamos resgatar esse costume,não só como leitura de estudo em sala de aula ,mas como hábito ,incentivando novos poetas,divulgando,usar mídia pra isso.Será sonho?
  Dou o primeiro passo divulgando a Poesia de Auta de Souza,uma poetisa rio-norte-grandense que começou a escrever co apenas 16 anos de idade e faleceu com 24 deixando um legado lindo que não pode ficar esquecido.


                                         Meu Sonho
                                     (Auta de Souza)                    

Eu tenho um sonho que no céu mora 
Feito de luz e feito de amor, 
Um sonho róseo como uma aurora, 
Um sonho lindo como uma flor. 
E eu vivo sempre, sempre sonhando, 
O mesmo sonho de noite e dia 
O mesmo sonho suave e brando 
De minha vida toda a alegria. 

Quando soluço, quando minh’alma, 
Cheia de angústia, fica a chorar, 
O sonho amado me traz a calma 
E, então, minh’alma põe-se a rezar. 

Quando, nas noites frias de inverno, 
Eu tenho medo da tempestade, 
Ele, o meu sonho, consolo eterno, 
Transforma as sombras em claridade.

Quando no seio, choroso e louco, 
Palpita, incerto, meu coração ... 
O sonho doce vem, pouco a pouco, 
Trazer-me a graça de uma ilusão. 

E eu canto e rio na luz dispersa 
Deste dilúvio de fantasias ... 
Minh’alma voa no azul imersa 
Buscando a pátria das harmonias. 

Imagem doce, visão sagrada, 
Quimera excelsa dos meus amores, 
Pérola branca, delícia amada, 
Bálsamo puro das minhas dores; 

Ele, o meu sonho, farol que encanta, 
Guia-me à pátria da salvação, 
Sorriso ingênuo, relíquia santa, 
Do relicário do coração!

 1896 

 

Postagens mais visitadas deste blog

Telefones do Dr. Eurípedes

Chá Plan 30 dias.

Sobre meus remédios de emagrecimento receitados pelo Dr. Eurípedes