O Sono segundo a Terapia Holística



                               


Pra não perder o fio da meada e ir trocando logo de assunto . Então volto a falar no assunto passado.
Lá no grupo eu também comentei sobre o sono incontrolável que tenho desde que fui diagnosticada com Cervicalgia Crônica e nada tem a ver com a doença , nenhum médico soube me dizer a causa disso . E sobre esse assunto ,também conversamos e achei muito útil e resolvi colocar um texto sobre Terapia Holística e o sono aqui no blog. Espero que encontrem respostas nesse texto.



Sono: 

Ato de desligamento.

O sono proporciona a reposição das energias consumidas durante o período de atividades físicas e mentais.
Reduz as atividades motoras, deprime o metabolismo, baixa a temperatura do corpo, etc.
O repouso é uma alternativa vital da atividade cerebral.
Durante o descanso, ocorre a reprogramação do sistema nervoso.
Em virtude da reduzida estimulação da mente, são feitas as principais organizações das informações colhida durante o dia.
Nos aspectos emocionais, dormir contribui significativamente para amenizar a ansiedade.
As pessoas que repousam bem, tem menos propensão a serem ansiosas.
Dentro de uma concepção metafísica, dormir requer uma atitude de desprendimento e liberação das atividades cotidianas, principalmente dos fatos inusitados, geradores de preocupação.
O descanso só ocorre quando a pessoa despoja-se das preocupações existenciais.
É preciso confiança em si mesma, e também nos processos existenciais, para soltar a vida e deixar as coisas acontecerem.
Somente depois do sono, no dia seguinte, a pessoa retoma a atividade de coordenação dos acontecimentos.
Confiar em si é acreditar ser capaz de dar conta das exigências das situações, sentir-se com recursos internos suficientes para atender a demanda de atividades pertinentes aos nossos afazeres.
Afinal, as ocorrências exteriores são compatíveis ao nosso limite de suporte.
Melhor dizendo, tudo o que assumimos ou nos acontece, está na justa medida de que temos suporte emocional para tolerar.
A visão metafísica comunga com um dito popular: “Deus não dá o fardo maior do que podemos carregar”.
Os desafios são proporcionais a nossa capacidade de resistir a eles.
Quando a pessoa não se sente boa o bastante para dar conta dos acontecimentos é porque ela não tem consciência da sua própria força: está negando os seus atributos, que precisam ser enaltecidos e não abandonados.
A lembrança das vitórias obtidas, dos ideais alcançados e da competência expressa nas atividades anteriores elevam as qualidades interiores, reforçando a confiança em si mesmo.
Como foi dito anteriormente, para despreocupar-se e relaxar para dormir faz-se necessário, também, uma porção de fé nos processos existenciais.
Conceber, por exemplo, a existência de uma força superior ou proveniente da natureza depende da fé de cada um, regendo os acontecimentos cotidianos, como se esses mecanismos etéreos ou divinos, conspirassem a nosso favor, possibilitando a realização do que almejamos.
Quem confia solta, não se torna prisioneiros das preocupações, tampouco exagera na presteza e dedicação.
O empenho excessivo e o uso de força desnecessária demonstram falta de segurança e de fé.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Telefones do Dr. Eurípedes

Chá Plan 30 dias.

FARM,CANTÃO,ESPAÇO FASHION,ENJOY ____ DESCUBRA ONDE ENCONTRAR ESSAS MARCAS COM BOM PREÇO!!!!